>

Mês da Doação de Órgãos no Estado

Escrito por Redação

Em 2017, o Brasil alcançou recorde histórico de 16,6 doadores efetivos para cada milhão de habitantes. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, o país teve crescimento de 7% no número de doações no primeiro semestre de 2018. Mesmo com números animadores, ainda existem mais de 40 mil pacientes aguardando por um transplante.

Pensando em estimular a doação de órgãos em São Paulo, o deputado estadual Gilmaci Santos apresentou o projeto de lei 245/2014, que institui o Setembro Verde, mês da Doação de Órgãos no Estado de São Paulo. O projeto foi aprovado pelo executivo estadual e transformado na Lei nº 15.463, de 18/06/2014.

Para o parlamentar é preciso esclarecer sobre o tema. “Temos a legislação mais avançada do mundo no que se refere à doação de órgãos, mas a taxa de recusa familiar ainda é muito grande, é preciso falar sobre o assunto”, disse. O republicano lembra ainda que muitos problemas de oferta estão associados a falhas nos processos de suspeição e diagnóstico da morte encefálica, além da abordagem das famílias e, sobretudo, na manutenção clínica do doador falecido. A data agora faz parte do calendário oficial do Estado de São Paulo.

Mande um Whatsapp